O Amor Divino

 

…é o único vínculo possível entre os homens.

Eis alguns conselhos dados por um Mestre, concernente ao passado, ao presente e ao futuro:

É preciso dirigir a própria vida. É preciso partir novamente do zero,

isto é, do nada, a cada minuto da vida. Não se deve afundar.

Todos os valores podem ser invertidos, porque muda-se a cada minuto e o que convinha há um instante atrás, agora não convém mais.

Em suma, o presente não existe.

É a linha de demarcação entre o passado e o futuro, e esta linha se desloca sem cessar.

O passado se esconde e só interessa o futuro que desponta.

É preciso anular o passado e criar o futuro VOLUNTARIAMENTE, por meio de apelos; é preciso criá-lo bom e luminoso e pensar que o presente é cada palavra que pronunciais, cada pensamento que emitis, e que o futuro é o tecido do presente.

Tendes a vantagem de criar um futuro feliz. Isto é o que quereis, pois não?

Então dizei palavras luminosas, e que a luz emane de vós.

É difícil não pensar mal, mas nós estamos aí para vos ajudar, nós estamos aí para vos ensinar a dominar vosso eu humano que se rebela quando não obtendes o que quereis. O melhor, então, é não querer!

Deixai-nos querer por vós e vos indicar o caminho a seguir; vereis que vossas limitações serão consumidas e que chegareis a encarar as coisas de outra maneira”.

O futuro é:

tudo o que se pensa,

tudo o que se diz,

tudo o que se faz,

Em bem ou em mal”.

 

Anúncios